sábado, 24 de julho de 2010

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Microconto da metavítima:

Noite, rua deserta, medo:
É a bolsa ou a vida - vociferou o bandido.
A vítima, rindo:
Nem uma coisa nem outra. O conto termina agora.

Este texto seria uma espécie de parte II do Microconto do Bandido,  escrito pelo amigo Arth Silva.
O conto está disponível em Sonhando à Deriva, no seguinte endereço:

domingo, 11 de julho de 2010

Descaminhos

___Às vezes é difícil entender o caminho trilhado pela mente do artista. Às vezes é impossível entender os descaminhos da humanidade.

video

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Cloaca

No pátio da escola...
Um aluno:
─ Professor, você usa droga?
Eu (o professor):
─ Sim, coca-cola.
Ele (com um olhar de Décio Pignatari):
─ A pior de todas.